Created with Snap
Como fica a mobilidade urbana em tempos de coronavírus?

Como fica a mobilidade urbana em tempos de coronavírus?

A pandemia do coronavírus mudou a forma como as coisas funcionam. Isso aconteceu em diversos aspectos da vida cotidiana: a máscara virou parte obrigatória da vestimenta e festas, eventos e demais tipos de aglomeração estão fora de cogitação. O lugar mais seguro para ficar, como todos sabem, é em casa. Apesar disso, muitas pessoas ainda precisam sair, principalmente para trabalhar.

Essa realidade implica a necessidade de usar o carro, pegar um transporte público ou utilizar aplicativos de transporte. Contudo, não é mais possível fazer isso de forma despreocupada como antes, afinal de contas, a mobilidade urbana em tempos de coronavírus também foi transformada.

Pensando nisso, elaboramos a seguir algumas dicas de locomoção para quem precisa sair de casa, mesmo durante a pandemia. Acompanhe!

Saiba como a mobilidade está funcionando

Como fica a mobilidade urbana em tempos de coronavírus?

Antes de mais nada, é importante saber como está a atuação da mobilidade urbana em sua cidade durante esse momento, pois muitos municípios mudaram as regras de circulação. Por exemplo, em São Paulo, parte do transporte nos trens sofreu uma queda de 20% no fluxo de pessoas no início da pandemia. Já no Rio de Janeiro, a orientação foi de que os ônibus transportassem apenas pessoas sentadas.

Esse tipo de mudança está ocorrendo em praticamente todas as regiões do planeta, portanto, é importante prestar atenção nas alterações que aconteceram em sua cidade.

Vale lembrar que essas transformações não atingem apenas o transporte público. Em Londres, por exemplo, algumas experiências têm sido feitas com a intenção de buscar alternativas à utilização de automóveis, substituindo-os por bicicletas elétricas. As mudanças são diversas e podem vir para ficar mesmo depois da pandemia, portanto, fique atento!

Leia também:  25 de Setembro - Dia Nacional do Trânsito

Evite horários de pico e rotas turísticas

Mesmo que alguns aspectos da mobilidade tenham mudado, algumas coisas não mudam. Com a retomada das atividades comerciais, o fim do expediente voltou a provocar aglomerações em muitos locais.

Como você deve saber, a transmissão do coronavírus acontece, principalmente, em grandes aglomerações. Portanto, uma dica importante quando falamos de mobilidade urbana em tempos de coronavírus é evitar se locomover durante os horários de pico (começo e fim de expediente).

Além disso, embora o ideal seja ficar em casa, muitas pessoas têm saído para passear e conhecer lugares. Pontos turísticos geralmente estão lotados de pessoas — antes da pandemia, isso não era um problema, mas agora é.

Então, na hora de sair de casa, para evitar entrar em contato com inúmeras pessoas e carros, opte por rotas que não passem por locais turísticos. Talvez por uma rota alternativa, o trajeto demore um pouco mais, mas nenhuma pressa vale mais do que garantir a sua saúde.

Evite o transporte público

O vírus que causa a COVID-19 é transmitido, principalmente, por meio do ar e do contato físico com mucosas (olhos, boca e nariz, especialmente). Quando alguém infectado encosta em uma superfície, é possível que o vírus permaneça ali por muito tempo, podendo ser transmitido para outra pessoa que encostar naquele mesmo local, tempos depois.

Como o transporte público é utilizado por inúmeras pessoas ao longo do dia, é muito provável que alguém infectado, mesmo sem intenção, passe esse vírus para as superfícies do ônibus ou trem. Além disso, nesses transportes, a possibilidade de aglomerações é muito alta, facilitando possíveis contágios.

Por conta disso, o ideal é que, quando for sair de casa, opte pelo transporte privado ou, então, procure utilizar aplicativos de táxi etc.

Leia também:  Dicas e atividades para quem está no isolamento em casa!

Tome os cuidados necessários no transporte público

Embora o ideal seja não utilizar o transporte público, sabemos que muitas pessoas não podem fazer essa escolha. Grande parte dos brasileiros precisa utilizar ônibus e metrôs para se locomover da casa para o trabalho e vice-versa. Portanto, caso seja impossível evitar esses meios de locomoção, é importante, então, que procure utilizá-los da forma mais segura possível.

Uma primeira dica é manter o máximo de distância possível dos demais passageiros ou, pelo menos, manter 1 metro de distância. Como o vírus pode ser transmitido pelo ar, esse distanciamento é importante para evitar que gotículas de saliva possam entrar em contato com a sua respiração. Mesmo utilizando a máscara, o contágio pelo ar pode acontecer.

Tome os cuidados necessários no transporte público

Outra dica essencial para andar no transporte público é procurar sentar perto de janelas. Dessa forma, a circulação do ar é mais intensa e constante, evitando possíveis contaminações pelas vias aéreas ao renovar o ar que você respira.

Além disso, lembre-se de sempre higienizar corretamente as mãos antes de entrar no transporte público e também ao sair dele. Utilize álcool em gel 70% e não toque em nenhuma parte do rosto antes de fazer essa higienização.

Cuide-se a todo momento

Seja no transporte público, no privado ou utilizando aplicativos de locomoção, alguns cuidados são necessários a todo momento. O mais óbvio deles é a utilização da máscara. Sempre que sair de casa, não importa em qual circunstância, utilize a máscara.

Mas lembre-se de fazer isso corretamente. Não adianta utilizá-la embaixo do nariz ou no queixo. Para que a proteção aconteça de forma segura, é necessário que a máscara esteja firme em seu rosto, cobrindo boca e nariz. Além disso, lembre-se de lavá-la sempre que chegar em casa.

Leia também:  5 rotas para fazer uma viagem de carro inesquecível pelo Brasil

Com relação ao automóvel, siga as dicas de prevenção contra o coronavírus no carro. Por exemplo, aspirar o interior do veículo para reduzir a circulação do vírus no ar, manter o carpete, tapete e estofados sempre limpos e, para nunca esquecer da higienização pessoal, deixe frascos de álcool em gel e lenços de papel sempre dentro do carro — assim, você pode utilizá-los a qualquer momento.

Como dissemos, durante a pandemia, o ideal é ficar em segurança. Nem sempre isso é fácil, mas é possível seguir algumas dicas para aproveitar melhor o isolamento em casa. Mas para quem precisa sair para trabalhar, é importante tomar os cuidados apontados neste texto sobre a mobilidade urbana em tempos de coronavírus.

Lembre-se: evite aglomerações, cuide da higiene em seu transporte privado e, principalmente, quando for utilizar o transporte público. O combate ao coronavírus é responsabilidade de todos. Para cuidar da nossa saúde e da saúde da população, todos precisam fazer a sua parte!

O que achou destas dicas para garantir o combate ao novo coronavírus na mobilidade urbana? Gostou, tem dicas e sugestões? Então, comente aqui embaixo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

você também pode gostar de:

© 2021 Blog Unidas Seminovos - Todos os direitos reservados