Created with Snap
7 tipos de placas de sinalização de trânsito e seus significados

7 tipos de placas de sinalização de trânsito e seus significados

Não importa o tamanho da sua cidade ou a intensidade do tráfego: você sempre encontrará placas de sinalização de trânsito nas vias. Afinal, elas não servem apenas para orientar os motoristas, mas também são ótimas para ajudar os pedestres a entender o que ocorre naquele trecho, o que ajuda a reduzir o número de acidentes.

Neste post, falaremos sobre os principais tipos de placas e mostraremos alguns exemplos. Apesar de parecerem similares, as placas seguem diversas variações de cor e formato, de acordo com a sua finalidade no trânsito.

Quer conhecer os principais modelos de placa? Continue a leitura!

1. Regulamentação

Tipos de placa de trânsito: placa pare

Uma das categorias mais importantes de sinalização no trânsito envolve as placas de regulamentação. Isso porque elas informam às pessoas sobre condições da pista, proibições naquele local, obrigações e até mesmo restrições no uso das vias.

Para que os condutores entendam a importância dessas sinalizações, basta mencionar que elas carregam mensagens simples e imperativas — além disso, desrespeitá-las caracteriza uma infração séria no trânsito.

Alguns exemplos de placas de regulamentação são:

  • pare;
  • proibido parar e estacionar;
  • vire à direita (ou esquerda);
  • sentido proibido;

Uma particularidade é que as placas vermelhas que contam com apenas um círculo simples indicam obrigação ou restrição. Já aquelas que apresentam um círculo “cortado” indicam proibições que o condutor deve levar em consideração.

Assim, de modo geral, as placas de regulamentação são vermelhas, com fundo branco e são caracterizadas pelo formato redondo. Contudo, uma exceção é a placa que indica “parada obrigatória”. Isso porque ela conta com um formato hexagonal, com fundo vermelho.

Outra exceção que costuma aparecer bastante nas vias brasileiras é a placa de regulamentação que indica “dê a preferência”, essa tem a forma de um triângulo invertido, com um fundo branco.

Uma curiosidade é que a placa “pare” pode aparecer em duas versões. A versão com o fundo vermelho indica regulamentação: o condutor é obrigado a parar o veículo antes de entrar em uma via. Além disso, ela é a única que conta com um formato octogonal.

Já a placa “pare” amarela indica uma parada obrigatória à frente no caminho. Dessa forma, ela alerta o motorista para a existência dessa parada.

2. Advertência

Tipos de placa de trânsito: placa curva acentuada

Como o próprio nome sugere, as placas de advertência sinalizam que o condutor deve tomar cuidado com determinadas condições da pista. Outra função delas é alertar as pessoas sobre possíveis ameaças específicas que podem estar presentes naquela via.

As placas de advertência são identificadas pelo seu formato quadrado, colocadas na diagonal, com fundo amarelo. Uma curiosidade é que elas não têm caráter punitivo, sua finalidade é apenas ajudar os motoristas a entender as condições de estrada que eles encontrarão ao trafegar ali.

Há também as placas amarelas de advertência, ou placas de alerta. Elas devem ser levadas muito a sério, já que apontam perigo na pista. Algumas delas são:

  • pista irregular;
  • curvas acentuadas;
  • presença de rodovias;
  • risco de cruzamentos;
  • declive acentuado;
  • sentido duplo;
  • entre outras.

3. Indicação

Tipos de placa de trânsito: placa indicativa

Já as placas de indicação são aquelas que fornecem informações sobre determinados locais e destinos. Aquelas que contam com o fundo azul orientam locais específicos. Um típico exemplo é a identificação de uma avenida importante no município, como “Avenida Navegantes”.

As placas de fundo verde orientam os condutores em relação ao destino, com o uso de setas e indicação específica dos quilômetros. Se os condutores estiverem em Florianópolis, por exemplo, encontrarão sinalizações como “São José 6” ou “Palhoça 14”, com o número ao lado indicando a distância em km.

4. Educativas

Tipos de placa de trânsito: placa educativa

O nome é autoexplicativo: essas placas têm como principal objetivo educar o motorista em relação à conduta adequada naquele trecho do trânsito. Elas são importantes tanto para orientar condutores quanto para garantir a proteção dos pedestres.

Caso você já tenha encontrado uma sinalização de trânsito retangular e de fundo branco, você passou por uma placa educativa. Dois exemplos: “Devagar, trânsito de pedestres” e “Pedestre, ande na faixa”.

5. Sinalização de obras

Tipos de placa de trânsito: sinalização de obras

Elas têm a finalidade de orientar os condutores sobre a aproximação de trechos da via que contenham obras em andamento. De modo geral, as placas de sinalização de obras contam com um formato quadrado, posicionado na diagonal.

Contudo, há exceções, com algumas das placas de sinalização de obras apresentando um formato retangular e com o fundo amarelo. É comum encontrar uma sinalização com essas especificações e os dizeres “Cuidado, obras”, por exemplo.

Um detalhe interessante é que as placas de obras são temporárias e costumam ser utilizadas também para indicar possíveis problemas nas vias. São exemplos típicos:

  • “desvio à direita a 100m”;
  • “máquinas na pista a 200m”;
  • estreitamento de pista à esquerda.

Por fim, algumas dessas placas também costumam conter uma placa menor, com a indicação da distância das obras na pista.

6. Atrativos turísticos

Tipos de placa de trânsito: atrativos turísticos

Essas placas informam ao motorista dados relacionados à localização das atrações turísticas em determinada região.

Elas são identificáveis pelo fundo, geralmente na cor marrom e com letras brancas, indicando os locais por meio do nome e também de um símbolo. Em alguns casos, também trazem informações um pouco mais detalhadas, com a utilização de setas e dos quilômetros de distância para chegar lá.

7. Auxiliares

Tipos de placa de trânsito: placas auxiliares

Também conhecidas como placas de serviços auxiliares, orientam os motoristas e transeuntes a encontrar determinados serviços. Tal como ocorre com algumas das placas de indicação, as auxiliares são azuis.

Elas indicam aos condutores e pedestres como encontrar alguns serviços importantes, como correios, aeroportos, restaurantes e até mesmo borracharias e serviços mecânicos. Também é comum encontrar sinalizações para postos de gasolina.

Como pudemos ver no artigo, as placas de trânsito (e seus respectivos significados e símbolos) têm como principal objetivo facilitar o tráfego e ajudar condutores e pedestres no dia a dia do trânsito. Elas são essenciais para organizar o fluxo de todas as pessoas envolvidas e oferecem segurança para todos. Portanto, quando estiver pilotando o seu seminovo ou simplesmente passeando a pé, não deixe de segui-las!

E aí, gostou do nosso artigo sobre placas de sinalização de trânsito e quer apresentá-lo aos seus amigos e familiares? Então, compartilhe o texto em suas redes sociais e convide todo mundo para a discussão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

você também pode gostar de: