Created with Snap
Conheça 3 Problemas Comuns na Embreagem do Carro

Conheça 3 problemas comuns na embreagem do carro

Tempo de leitura: 4 minutos.

Garantir a segurança no trânsito, do veículo e dos condutores e passageiros exige alguns cuidados. Entre eles está a necessidade de atentar-se ao bom desempenho da embreagem do carro.

Principalmente porque este componente está diretamente relacionado ao funcionamento do carro, desde a sua parada até a aceleração, não apenas para a troca de marchas, como muitos acreditam.

Ela é fundamental para que o veículo rode adequadamente, portanto necessita de atenção do condutor.

Problemas Comuns na Embreagem do Carro

Animação demonstrando o funcionamento do disco de embreagem.

Confira agora quais são os problemas mais comuns que a embreagem pode apresentar e saiba como evitá-los:

1. Rigidez no pedal

O desgaste natural da embreagem e a falta de lubrificação fazem com que o pedal fique duro. Nesse caso, você deve levar seu carro ao mecânico, já que, geralmente, é necessário realizar a troca de cabos da embreagem.

Em algumas situações, também pode ser empenamento do platô e para solucionar esse problema é preciso trocar todo o kit de embreagem.

2. Ruídos

Dentre problemas mais comuns na embreagem do carro estão os ruídos, que não devem existir. Normalmente, eles estão relacionados a problemas com o pedal ou desgastes no rolamento.

Assim que perceber barulhos atípicos, leve seu veículo a um mecânico. Quanto antes você detectar o problema e solucioná-lo, melhor. Afinal, ignorar a urgência de corrigir esse defeito pode resultar na necessidade de trocar mais peças. Por exemplo, além do kit de embreagem, você pode ter que comprar uma nova caixa de câmbio.

Unidas Seminovos Delivery

3. Embreagem deslizando ou travando

A embreagem pode ficar deslizando ou patinando devido ao desgaste ocasionado pelo uso ou pelo excesso de líquidos, como óleo e graxa.

Leia também:  Batidas no trânsito: Saiba como agir adequadamente

Esse problema interfere na segurança do carro, já que o componente não consegue ser freado pelo platô. Portanto, merece atenção imediata. A solução é simples: troca do kit completo.

Já o problema oposto, quando a embreagem está travando, também é necessária uma solução rápida, pois coloca em risco a segurança do motorista e dos passageiros. Nem sempre é necessário trocar todo o kit; em muitos casos, basta substituir o rolamento do eixo piloto.

Aumentar a vida útil da embreagem

A embreagem dura, em média, 40 mil quilômetros, entretanto, o recomendado é que a revisão seja feita a cada seis meses ou 10 mil quilômetros rodados.

Para prolongar a sua vida útil e ainda evitar os problemas mais comuns, use-a corretamente. Veja como:

  • não pressione o pedal da embreagem sem necessidade;
  • pise até o fundo do pedal para garantir que os discos estejam apertados o suficiente na hora de trocar a marcha;
  • sempre pise na embreagem para trocar a marcha;
  • tire totalmente o pé da embreagem antes de acelerar o carro;
  • sempre use a primeira marcha ao arrancar o carro e faça as trocas no tempo certo, nada de trocas bruscas;
  • não fique com o pé “descansando” na embreagem enquanto estiver parado;
  • ligue o carro sempre em ponto morto e com a embreagem pressionada até o final.

Por fim, realizar revisões periódicas no carro e todas as manutenções preventivas também é importantíssimo para evitar o surgimento desses defeitos.

Agora que você já conhece os problemas mais comuns na embreagem do carro e sabe como evitá-los, aproveite para conferir mais dicas de veículos e segurança no blog da Unidas Seminovos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

você também pode gostar de:

© 2020 Blog Unidas Seminovos - Todos os direitos reservados