Created with Snap
9 dicas de conservação de automóveis para valorizar seu veículo

9 dicas de conservação de automóveis: valorize o seu carro!

Você sabia que alguns cuidados com a conservação de automóveis podem fazer com que eles valorizem muito? De fato, medidas preventivas contribuem bastante para que seu carro conserve aquele aspecto de novo por muito tempo e, dessa forma, se mantenha valorizado no mercado.

São atenções que você deve ter e que estão relacionadas com a limpeza, o motor, os pneus, entre outras partes do carro. Pode até não parecer, faz muito a diferença se esses cuidados forem tomados frequentemente. Tenha em mente que a conservação e prevenção de problemas no seu veículo pode garantir ótimos resultados na hora de vendê-lo!

Sendo assim, vamos listar, neste post, alguns cuidados que merecem atenção para que você mantenha sempre seu carro com a cara de novo. Continue a leitura e confira!

1. Evite deixar o carro parado por muito tempo

Hoje, é comum que as pessoas, mesmo tendo seus próprios carros, evitem usá-los, escolhendo outros meios de transporte. No entanto, o que muitos não sabem é que deixá-lo parado por muito tempo pode prejudicá-lo.

A dica, portanto, é, se você não pretende utilizar seu carro diariamente, de, pelo menos, ligá-lo por um minuto a cada dois dias. Isso já fará bastante diferença. Desligar os cabos da bateria é outra dica que preserva a integridade do sistema elétrico, caso você precise ficar um longo período sem usá-lo.

2. Lembre-se da troca de fluidos e filtros

É essencial, para a conservação de automóveis, que seus fluidos sejam substituídos no tempo certo. Na verdade, você gastará com itens baratos e, certamente, evitará prejuízos — uma vez que uma lubrificação deficiente acarreta mais trabalho do motor e, consequentemente, gastos maiores com combustível.

Leia também:  Revisão de carro: saiba o que verificar antes de uma viagem longa

Além disso, não há notícia pior para um proprietário de automóvel do que um motor fundido. Então, diante disso, conservar seu veículo, trocando os fluidos e filtros, é uma boa forma de garantir longa vida ao motor do carro.

3. Acompanhe a vida útil do óleo

O óleo do motor é um dos grandes responsáveis pelo bom funcionamento do seu carro, porque permite que suas engrenagens trabalhem sem desgastar as peças. Dito isso, é fundamental que o óleo a ser utilizado seja de boa qualidade e, principalmente, indicado pelo fabricante do veículo.

Além disso, ter conhecimento sobre o tempo certo de trocar esse item é essencial para manter, por um bom tempo, a vida útil do motor. Tentar economizar neste item, mantendo-o por um período maior que o aconselhável ou optando por marcas mais baratas, pode contribuir para gastos inesperados.

4. Dirija com cuidado

Algumas pessoas têm um modo de dirigir que acaba desgastando alguns componentes do carro, como molas e amortecedores. Desviar de buracos, passar em quebra-molas devagar e evitar solavancos por meio de freadas são algumas das medidas que evitam o desgaste desses itens.

Esses cuidados poupam o proprietário do automóvel de gastos futuros com a suspensão — que geralmente pesam no bolso. Além disso, contribuem enormemente com a manutenção desse sistema do veículo, evitando a torção do monobloco — o que garante um automóvel mais alinhado e seguro.

5. Verifique os pneus

Fazer uma checagem periódica dos pneus e do estepe ajuda a mantê-los sempre em condições de uso. Por isso, é fundamental verificar a pressão desses itens, observando se há bolhas ou mesmo desgastes que os tornam irregulares na banda de rodagem.

Leia também:  Como fazer avaliação do carro e saber o preço de troca e revenda?

A dica é seguir a recomendação periódica de alinhamento da suspensão e balanceamento das rodas. No entanto, ficar de olho é sempre recomendável. Se verificar qualquer irregularidade, como vibrações no volante ou a sensação de que o automóvel está tendendo para um lado, procure uma assistência técnica.

6. Proteja a pintura

Alguns elementos externos podem propiciar o surgimento de manchas que danificam a pintura, como dejetos de pássaros, poeira, raios solares e insetos. Sendo assim, deixar seu carro protegido é primordial.

Essa proteção deve ser tanto por meio de uma cobertura, onde ele possa passar a noite e o dia em que não for usado, como por aplicação de cera automotiva, que pode ser feita de duas a três vezes por semana.

No caso de quem mora em região litorânea, a dica é jogar água na carroceria para eliminar os resíduos de sal — considerado o maior responsável pela oxidação em carros nessas localidades.

7. Mantenha uma rotina de limpeza

Um carro usado mal-cuidado sem uma limpeza frequente pode desvalorizar muito. Para que isso não ocorra, busque manter uma rotina de cuidados com a higienização interna do veículo. Alguns cuidados podem evitar aqueles odores desagradáveis, como evitar fumar no seu interior — visto que o odor de cigarro acaba rapidamente com aquele tradicional cheirinho de carro novo.

Sendo assim, proceda com uma limpeza semanal no seu veículo e pense que você estará colaborando para a sua valorização no mercado. Carro cheiroso é um atrativo quando se deseja vendê-lo.

Outro cuidado em relação à limpeza refere-se ao estofamento com manchas. É bem comum que, por um descuido qualquer, manchamos o estofamento do carro. A dica é limpar logo que ocorrer o acidente, visto que, dessa forma, fica mais fácil a remoção da mancha.

8. Cuide para evitar pancadas graves na lataria

Algumas avarias na lataria do carro podem comprometer sua estrutura e afetar incrivelmente o valor do veículo. Amassados e arranhões são fáceis de ser revertidos, bastando um bom serviço de lanternagem para solucionar o problema e deixá-lo novinho em folha. No entanto, uma batida mais grave requer uma avaliação mais aprofundada para saber se a estrutura do veículo foi abalada.

Leia também:  Como secar banco do carro em casa? Faça você mesmo!

9. Observe a presença de ruídos

Outro fator que não é bem-visto no mercado de automóveis usados são os ruídos que alguns veículos apresentam. Muitas vezes, são sons estranhos que incomodam bastante a quem está no interior do carro.

Além do mais, eles podem indicar problemas no motor, o que pode ser um impedimento na hora de vender o carro. Por isso, sempre que perceber que seu automóvel apresenta tais barulhos, busque levá-lo ao seu mecânico de confiança para averiguar logo no início o que está ocorrendo — dessa forma, você evitará o agravamento do problema.

Como você pôde conferir, é essencial saber o que observar para manter a conservação de automóveis. No entanto, fazer a manutenção preventiva dos sistemas do carro é essencial e conservará a parte mecânica do carro sempre em perfeito estado.

Gostou das dicas? Então, assine a nossa newsletter e receba na sua caixa de entrada outras dicas interessantes como esta!

2 comentário em "9 dicas de conservação de automóveis: valorize o seu carro!"

  1. José Carlos Cantanhêde disse:

    Boas dicas !!!

  2. Thais Maria Barbosa Monteiro disse:

    Bom dia!
    Muito útil as informações e orientações repassadas por vocês.
    Votos de êxito.
    Atenciosamente.

    Thais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

você também pode gostar de:

© 2021 Blog Unidas Seminovos - Todos os direitos reservados